Charutos e Bebidas

Entendendo a regra básica do equilíbrio

Qual a melhor bebida para acompanhar um charuto?

whiskey-and-cigarNós sabemos que poucas pessoas fumam charutos regularmente sem algo para acompanhar a sua fumaça. Eu tive um amigo, que me apresentou ao mundo dos charutos e que preferia café forte – o que no Brasil é um grande privilégio, pois somos produtores dos melhores cafés do mundo. Outros cerveja ou vinho. Pessoalmente, eu sou uma pessoa de destilados, e acho que combinar um charuto com a bebida certa pode fazer ambos cantarem de maneiras que vão fazer você feliz durante todo o caminho da degustação. Em todo caso, harmonizar charutos e bebidas corretamente pode criar uma experiência muito gratificante.

E por bebida, à exceção do que eu disse acima, eu quero dizer uma bebida pura – nenhum gelo, nenhuma água, e nenhum misturador. Se você quiser adicionar uma, duas ou todas essas coisas, vá nesse caminho! É a sua bebida, e nunca, nunca deixe alguém dizer-lhe que você está bebendo errado. Ao mesmo tempo, tenha em mente que sua escolha pode mudar como você experimenta tanto a sua bebida quanto o seu charuto preferido.

Lembre-se também que o álcool entorpece seu paladar. Se você está fumando um charuto para realmente investigar seus sabores e aromas, você pode querer deixar a bebida para segundo plano. Caso contrário, vamos começar com o conceito de que harmonização é o mesmo que equilíbrio: nem o sabor da bebida, nem o sabor do charuto devem predominar um ao outro.


Limpando o Palato

Tanqueray-Monte-Pascoal-ImperadoresQuando o clima está quente, eu adoro um bom Gim & Tonica. Dada a natureza aromática do gim, muitos recomendaram não combinar G&Ts com charutos. Acredito, no entanto, que eles parecem refrescar o paladar entre os goles, deixando o seu paladar obter um sabor mais fresco do tabaco.

Se você quiser experimentar esta combinação, eu sugiro um Gim leve – algo como Tanqueray 10 ou Bombay Sapphire. Você não quer um G&T para lutar com o sabor do tabaco, especialmente com um charuto mais leve.

Qualquer destilado que tenha uma propriedade adstringente – que limpa o paladar – é sempre uma escolha certeira para harmonizar com charutos. Os destilados de cana de açúcar, como o Rum e a nossa Cachaça, vão sempre desempenhar o papel de busca pelo equilíbrio entre um sabor agradável da bebida e preservar as melhores características do tabaco escolhido.


Um charuto após o jantar

Há uma imagem tradicional de um salão de fumadores, cavalheiros trajados em seus smokings baforando charutos enquanto rodam snifters de conhaque, durante ou após uma rodada de jogo. Há uma razão para isso: Cognac e Porto, bebidas tradicionais após um jantar por serem digestivas, combinam fantasticamente com charutos, especialmente os mais fortes.

cognac-charutoCaso você não saiba, Cognac é uma região da França. Todos os Cognacs são brandies, mas nem todo brandy é Cognac. Entre outras definições, Cognac deve ser envelhecido por pelo menos dois anos, o que significa que ele vai pegar sabores dos barris.

Embora não tanto conhecidos como Cognac, há outros brandies que harmonizam bem com charutos após o jantar. Armagnac é outra região que tem o seu próprio brandy, e você pode comprar Armagnacs incríveis, como Marquis de Caussade por preços muito mais razoáveis ​​do que similares conhaques.

Entre os clássicos Remy Martin e Henessy, você pode navegar entre as classificações VSOP (Very Superior Old Pale) e o XO (eXtra Old – 20 anos ou mais de envelhecimento) da forma que seu bolso permitir, mas o resultado dessas harmonizações será sempre garantia de uma boa experiência.

ron zacapa com charutoMas se você realmente quer uma bebida depois do jantar que não seja um conhaque, a sugestão é considerar Runs envelhecidos. Muitas pessoas não pensam em Rum como uma bebida de degustação – a ser apreciada devagar, mas há grandes Runs que harmonizam deliciosamente com charutos, especialmente os mais escuros. O tradicional cubano Havana Club 7 años é um excelente introdutório envelhecido, e é geralmente disponível na faixa de R$ 40,00. Um pouco mais caro, Zacapa Solera 23 é um Rum da Guatemala envelhecido lentamente na casa Above the Clouds – acima das nuvens, em uma destilaria que fica a 2.300m do nível do mar e com temperatura média na casa dos 16 graus, o que confere a essa bebida uma complexidade e um sabor intenso e extraordinário.

Uma bebida do dia-a-dia

Outra harmonização tradicional para charutos é Scotch. Falar de harmonização de scotchs com charutos poderia ser muitas vezes mais complexo e extenso do que esse artigo, e para ser honesto, a maior parte dele é preferência pessoal. Alguns acreditam profundamente que os aromas esfumaçados e turvosos do scotch complementam um charuto, enquanto outros acham que estes prejudicam a experiência.

blended-scotch-charutos

Se você está interessado em harmonização de charutos com Scotch (ou “uísque“, como é conhecido no resto do mundo), a nossa sugestão é evitar combinações que podem entrar em conflito no seu paladar. Os Blended Scotch Whisky, da linha Johnnie Walker, Chivas, Buchanan’s, entre outros, são sugeridos sempre com charutos de sabores mais singulares – ou que tenham pouca evolução durante sua queima; Já os Single Malts, como Glenfiddich, Glenlivet e Macalan harmonizam muito bem desde os charutos mais singulares aos mais complexos – ou que possuam uma variedade de notas e grande evolução durante sua queima; mas novamente, esta é uma preferência pessoal. Esteja ciente também que uma escolha incorreta do Scotch pode oprimir os sabores de um charuto leve, assim como um charuto forte pode oprimir o sabor do uísque mais leve ou blended.

Mesmo sendo uma preferencia pessoal, eu não posso sugerir uísques irlandeses com um charuto. Eles são muito suaves, a menos que você esteja fumando algo que é muito leve.

Bourbon-Cigars

Em vez disso, experimente uísques americanos. Bourbon, por exemplo, tem uma grande variedade de sabores, às vezes até mesmo dentro da mesma destilaria. Um bourbon leve e doce como Gentleman Jack combina bem com um charuto mais leve, enquanto algo mais agressivo no paladar combina bem com os mais fortes.

Nossa sugestão fica de Bulleit bourbon com um charuto maduro – mais forte, fermentado.

E lembre-se: degustar um charuto faz parte de uma experiência gastronômica, onde não existem regras. Procure sempre uma combinação que agrade seu paladar de forma a tirar o máximo de proveito do seu momento tanto com o charuto quanto com sua bebida.


Adaptação: Internet
Fotos: Espaço Quai D’Orsay @fotografameirefelipe | @oncluster
Por: André Riccieri – Especialista em Harmonizações

 

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s