A Menendez e Amerino, dona das marcas Dona Flor e Alonso Menendez apresentou em Outubro o mais novo charuto de seu portfólio comercial: Alonso Menendez Del Patrón, com um blend encorpado, feito de fumos Mata Fina e Mata Norte e capa produzida com sementes de tabaco cubano plantadas na Bahia.

alonso-del-patron.JPG

Este lançamento entra para a linha comercial do fabricante e já está disponível nos pontos de venda.

As marcas da Menendez e Amerino (Dona Flor e Alonso Menendez) já vem com as polêmicas embalagens individuais em celofane (tirar ou não tirar?) e são os únicos do mercado nacional que já possuem o código de barras em cada charuto individual, permitindo identificação e o rastreamento do produto mesmo quando comprado em unidades.

Uma curiosidade desse lançamento da ALONSO MENENDEZ é que foi incluído na caixa a inscrição “HAND MADE CIGARS FROM BRAZIL“, que antes era encontrada “em inglês” somente nas caixas da marca DONA FLOR (e na última Ed. Limitada Toro 40 anos), o que reforça a aposta da marca também para exportação.

DEL PATRÓN

Disponível nas bitolas ROBUSTO e CORONA, é resultado da união e da força criativa do trabalho livre.

  • Origem: Bahia | Brasil
  • Capa: Piloto Cubano (semente cubana plantada na Bahia)
  • Capote: Mata Fina
  • Miolo: Mata Fina e Mata Norte

Fortaleza: Média, com notória evolução – o que não é característica marcante das demais bitolas comerciais da marca.

MEMÓRIA

200px-Maua_00.pngO Visconde de Mauá é uma das referências do patronato e do empreendedor brasileiro. De cabeça erguida, e honradamente, retira-se da atividade empresarial após longo período de perseguição orquestrada pelo Estado e sua pesada burocracia aos seus negócios no período do Segundo Império.

Esse charuto vem em sua homenagem e coincide com o período no qual o empreendedorismo no Brasil se encontra ferido, ameaçado. A Menendez Amerino & Cia usou fumos de distintas origens consagradas, reunindo a harmonia sensorial de duas grandes escolas tabaqueiras: Cuba e Brasil (Bahia).

‘E o resultado do esforço secular de aperfeiçoamento com arte e profissionalismo dos seus ancestrais mestres fumageiros.

culture-history-illustration


O Festival Origens, que teve sua 2a. Edição em Outubro de 2018 reuniu produtos tipicamente baianos conhecidos como os 4 C da Bahia: cachaça, café, charuto e chocolate. Nas históricas cidades de Cachoeira e São Félix, situadas no Recôncavo Baiano, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer a cultura, história e cadeia produtiva do tabaco, além de aprender suas melhores harmonizações.

O cenário foi palco para os produtores de charutos premium anunciarem seus lançamentos e novidades de cada marca.

Saiba mais sobre os lançamentos do FESTIVAL ORIGENS em nossas mídias sociais. Inscreva-se para receber novidades e convites exclusivos.

FOTOS: REPRODUÇÃO